1

Pequena empresa com postura de grande

O início de um empreendimento sempre remete à ideia de uma equipe de trabalho pequena – ou, em alguns casos, uma ‘equipe’ formada por uma pessoa só. Por este motivo, muitos de nós nos consideramos verdadeiros ‘faz-tudo’. E, de fato, somos. Conheço essa situação muito bem, já que, em meus dois empreendimentos, minha equipe é bem enxuta, mas nem por isso menos comprometida e competente. Todos buscam dar o melhor de si para o sucesso do negócio.

Fonte da imagem: Reprodução

No meu caso, a estratégia para lidar com essas equipes foi separar os departamentos e atribuições, organizar um cronograma de ações e um organograma funcional. Sim, mesmo com uma equipe pequena, em que um único colaborador é responsável por muitas funções, é fundamental termos um organograma. Dessa maneira, trabalhamos sabedores do que cada um faz e nos habilitamos, ainda que algumas vezes intuitivamente, para auxiliar no crescimento da empresa.

Outra estratégia implementada foi focar nos processos e olhar para meus empreendimentos, mesmo que ainda pequenos, como grandes. De que maneira? Dando atenção para todas as etapas produtivas, priorizando o planejamento estratégico e o monitoramento, reduzindo o desperdício de custos e de tempo na execução das ações.

Uma das táticas mais importantes foi estabelecer uma comunicação transparente e eficaz com a equipe. Acredito que, enquanto a empresa ainda é pequena e conta com uma equipe enxuta, devemos aproveitar para exercitar as aprendizagens adquiridas. Dessa maneira, teremos uma comunicação contínua, transparente, clara, assertiva e de ampla escuta. É preciso ouvir e compreender seu time. Afinal, muitas boas ideias podem surgir a partir deste pequeno grupo. E é com ele que desejamos crescer, não é mesmo? Foi assim que muitas empresas se tornaram grandes.

Planeje, implante, monitore, persista, organize, crie, comunique, escute, produza, fature, valorize, incentive e cresça de maneira a levar essa equipe com você aonde quer que você vá. Assim, quando você chegar lá, poderá se tornar tão grande quanto deseja ser!

Beijos de Carry on (música da banda Fun que embalou a criação deste post).

Lênia Luz é sócia da Aurelio Luz Franchising & Varejo, consultoria em formatação de franquias, e do Empreendedorismo Rosa, espaço de interlocução sobre o empreender feminino. Twitter: @lenialuz

  1. Maria Laudeane da Silva Santos disse:
    25/07/2013 às 22:08

    Você deu dicas preciosas para todo pequeno empreendedor que deseja alcançar o sucesso. A cada passo acertado ganhamos fôlego e a certeza que estamos no caminho certo.

Deixe um comentário